artistas

Conheça nossos artistas, suas obras e biografia

Encontre um artista pelo nome

Não encontramos nenhum artista para o filtro especificado. Por favor, refaça sua busca.

Wellington Virgolino (1929 - 1988)

Wellington Virgolino
Adicionar aos favoritos
Seja notificado por email quando tivermos novas obras deste artista.

Biografia do Artista

Wellington Virgolino de Souza ou W. Virgolino como assina suas telas, nasceu no Recife, no dia 19 de setembro de 1929, no bairro de Casa Amarela. Faleceu na mesma cidade em 1988. Aventurou-se como desenhista, gravador e escultor. Mas foi na pintura desenvolveu e amadureceu sua arte. Autodidata e observador voraz do cotidiano, Welington Virgolino ficou conhecido pela pintura de dimensões estilizadas, apresentando certas deformações nos corpos das figuras humanas e dos elementos que compunham a tela. Auto denominado de “modernista/figurativo”, retratava gente do povo, operários de construção e as expressões do sentimento de cada personagem; mostrando as frustrações e os sofrimentos da vida precária do trabalhador brasileiro, eternizado em personagens como “Os calceteiros”, “Calungas de Caminhão” e “Operários”. Assim como não deixou de registrar as invenções e reinvenções da infância, ainda com ênfase em seus questionamentos sociais, através de suas crianças.

Cronologia

Exposições individuais

Exposições Individuais
1960 - Recife PE - Primeira individual, na Galeria do Parque
1964 - São Paulo SP - Individual, na Galeria Astréia
1967 - São Paulo SP - Individual, na Galeria Astréia
1969 - Recife PE - Individual, na Galeria Ranulpho
1970 - Rio de Janeiro RJ - Individual, na Petite Galerie
1975 - São Paulo SP - Individual, na Mini Gallery
1977 - São Paulo SP - Individual, na Ranulpho Galeria de Arte
1979 - São Paulo SP - Individual, na Mini Gallery
1983 - Rio de Janeiro RJ - Individual, na Claudio Gil Studio de Arte
1984 - Recife PE - Individual, na Galeria Ranulpho
Exposições Coletivas
1950 - Recife PE - Salão de Pintura do Museu do Estado de Pernambuco
1954 - Europa e Ásia - Gravuras Brasileiras, organizada pelo Clube de Gravura de Porto Alegre - itinerante
1954 - Goiânia GO - Exposição do Congresso Nacional de Intelectuais
1954 - Recife PE - Salão de Pintura do Museu do Estado de Pernambuco - menção honrosa
1955 - Recife PE - Salão de Pintura do Museu do Estado de Pernambuco - menção honrosa
1960 - Recife PE - Salão de Pintura do Museu do Estado de Pernambuco - 2º prêmio
1961 - Recife PE - Salão de Pintura do Museu do Estado de Pernambuco - 1º prêmio
1961 - Recife PE - 20º Salão Anual de Pintura, no Museu do Estado de Pernambuco (Recife)
1961 - São Paulo SP - 6ª Bienal Internacional de São Paulo, no Pavilhão Ciccilo Matarazzo Sobrinho
1963 - Salvador BA - Civilização do Nordeste, no Museu de Arte Popular da Bahia
1963 - São Paulo SP - 7ª Bienal Internacional de São Paulo, na Fundação Bienal
1965 - Porto Alegre RS - Seis Artistas de Pernambuco, no Margs
1966 - Salvador BA - 1ª Bienal Nacional de Artes Plásticas
1967 - Brasília DF - 4º Salão de Arte Moderna do Distrito Federal, noTeatro Nacional Cláudio Santoro
1967 - São Paulo SP - Oficina Pernambucana, no MAC/USP
1970 - Londres (Inglaterra) - South American Country Art, na Arthur Tooth Gallery
1972 - São Paulo SP - Arte/Brasil/Hoje: 50 Anos Depois, na Galeria da Collectio
1976 - São Paulo SP - O Desenho em Pernambuco, na Galeria Nara Roesler
1980 - Penápolis SP - 4º Salão de Artes Plásticas da Noroeste, na Fundação Educacional de Penápolis. Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Penápolis
1980 - Porto (Portugal) - Artistas Plásticos Pernambucanos em Portugal
1981 - Tóquio (Japão) - 5ª Exposição de Belas Artes Brasil-Japão
1981 - Atami (Japão) - 5ª Exposição de Belas Artes Brasil-Japão
1981 - Kyoto (Japão) - 5ª Exposição de Belas Artes Brasil-Japão
1982 - Penápolis SP - 5º Salão de Artes Plásticas da Noroeste, na Fundação Educacional de Penápolis. Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Penápolis
1982 - Rio de Janeiro RJ - Universo do Futebol, no MAM/RJ
1984 - Rio de Janeiro RJ - Doações Recentes 82-84, no MNBA
1984 - São Paulo SP - Reinvenções, na Ranulpho Galeria de Arte
1984 - São Paulo SP - Tradição e Ruptura: síntese de arte e cultura brasileiras, na Fundação Bienal
1985 - Atami (Japão) - 7ª Exposição de Belas Artes Brasil-Japão
1985 - Kyoto (Japão) - 7ª Exposição de Belas Artes Brasil-Japão
1985 - Penápolis SP - 6º Salão de Artes Plásticas da Noroeste, na Fundação Educacional de Penápolis. Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Penápolis
1985 - Rio de Janeiro RJ - 7ª Exposição de Belas Artes Brasil-Japão
1985 - São Paulo SP - 7ª Exposição de Belas Artes Brasil-Japão, na Fundação Brasil-Japão
1985 - São Paulo SP - Aldemir Martins, Rapoport, Satyro, Scliar, Virgolino, na Ranulpho Galeria de Arte
1985 - São Paulo SP - As Mães e a Flor na Visão de 33 Pintores, na Ranulpho Galeria de Arte
1985 - São Paulo SP - 18ª Bienal Internacional de São Paulo, na Fundação Bienal
1985 - Tóquio (Japão) - 7ª Exposição de Belas Artes Brasil-Japão
1986 - Brasília DF - Pernambucanos em Brasília, na ECT Galeria de Arte

obras

Ver acervo