artists

Learn about our artists, theirs artworks and biography

Find an artist by name

Couldn't find any artists for the specified filter. Please redo your search.

Judith Lauand (1922)

Add to Favorites
Get notified by e-email when there is new artworks from this artist.

Artist's Biography

Nascida em Pontal , SP, em 1922. Estudou na Escola de Belas Artes de Araraquara, formando-se em 1950. Ao mudar-se para São Paulo, pratica até 1952 uma pintura de conotação figurativo-expressionista, abandonando em 1953 a representação das formas naturais por um Abstracionismo ainda expressionista, para já no ano seguinte, e até 1958, adotar uma linguagem construtivista, dentro dos postulados do Concretismo. Regendo todo o ser trabalho pelo rigor matemático, entrega-se igualmente a experimentações com materiais inusuais - alfinetes, tachinhas, dobradiças, etc. -, os quais, aplicados sobre a superfície bidimensional, nela geravam ritmos e ilusões óticas controladas. Num depoimento em 1960, Judith Lauand assim se externou sobre seu próprio trabalho de então: " Um quadro não se explica. Um quadro se vê. As palavras não substituem a visão direta da estrutura formal, das relações das cores, dos espaços, da plasticidade. O quadro - organização de elementos semelhantes. E cada um dos elementos é constituído pela intersecção de duas retas e um terceira ligando os dois extremos de maneira que numa parte esteja uma forma fechada (triangular) e na outra uma figura aberta, ou seja, o prolongamento de dois lados do triângulo. Com seis elementos semelhantes relacionados entre si, realiza-se uma estrutura cuja forma total obedece à idéia da forma singular ao mesmo tempo fechada e aberta . Mantém-se íntegra a idéia básica da construção. Neste caso a cor não tem função, o desenho é que importa". A artista realizou algumas individuais (a primeira em 1954, na Galeria Ambiente, de São Paulo), e participou de coletivas de arte concreta realizadas em São Paulo (1956), no Rio de Janeiro (1957) e em Zurique, na Suíça (1960), bem como por diversas vezes da Bienal de São Paulo, do Salão Nacional de Arte Moderna e do Salão Paulista de Arte Moderna, tendo sido premiada nesse último certame em 1954, 1955, 1959 e 1964. Tem obras expostas na Bienal Brasil Século XX Em 1996 participada exposição Tendências Construtivas no Acervo do MAC - USP. Fonte.: D. Catálogo da exposição Projeto Construtivo Brasileiro na Arte (Coord.: Aracy A. Amaral). Rio de Janeiro e São Paulo, 1977, p. 214-215.

Chronology

Individual exhibitions


Exposições Individuais
1954 - São Paulo SP - Primeira individual, na Galeria Ambiente
1962 - Campinas SP - Individual, na Galeria Aremar
1965 - São Paulo SP - Individual, na Galeria Novas Tendências
1971 - São Paulo SP - Individual, na Galeria da Aliança Francesa
1977 - São Paulo SP - Individual, no MAC/USP
1984 - São Paulo SP - Geometria 84, na Paulo Figueiredo Galeria de Arte
1986 - São Paulo SP - Individual, na Choice Galeria de Arte
1992 - São Paulo SP - Efemérides, no MAC/USP
1994 - Pontal SP - Individual, na Casa da Cultura Manoel de Vasconcelos Martins
1996 - São Paulo SP - Judith Lauand: obras de 1954-1960, no Sylvio Nery da Fonseca Escritório de Arte

Exposições Coletivas:
1965 - São Paulo SP - 14º Salão Paulista de Arte Moderna
1965 - São Paulo SP - 8ª Bienal Internacional de São Paulo, na Fundação Bienal
1965 - São Paulo SP - Proposta 65, na Faap
1966 - São Paulo SP - 15º Salão Paulista de Arte Moderna, na Galeria Prestes Maia
1966 - São Paulo SP - Três Premissas, no MAB/Faap
1967 - Brasília DF - 4º Salão de Arte Moderna do Distrito Federal, no Teatro Nacional Cláudio Santoro
1967 - Campinas SP - 3º Salão de Arte Contemporânea de Campinas, no MACC
1967 - São Paulo SP - 16º Salão Paulista de Arte Moderna
1967 - São Paulo SP - 9ª Bienal Internacional de São Paulo, na Fundação Bienal
1968 - São Paulo SP - 17º Salão Paulista de Arte Moderna
1968 - São Paulo SP - Os Concretistas, no MAM/SP
1969 - São Paulo SP - 10ª Bienal Internacional de São Paulo, na Fundação Bienal
1969 - São Paulo SP - 1º Panorama de Arte Atual Brasileira, no MAM/SP
1972 - São Paulo SP - 2ª Exposição Internacional de Gravura, no MAM/SP
1972 - São Paulo SP - Mostra Internacional de Gravura, no Masp
1977 - Rio de Janeiro RJ - Projeto Construtivo Brasileiro na Arte: 1950-1962, no MAM/RJ
1977 - São Paulo SP - Projeto Construtivo Brasileiro na Arte: 1950-1962, na Pinacoteca do Estado
1978 - São Paulo SP - As Bienais e a Abstração: a década de 50, no Museu Lasar Segall
1978 - São Paulo SP - O Objeto na Arte: Brasil anos 60, no MAB/Faap
1985 - Belo Horizonte MG - Geometria Hoje, no MAP
1987 - Rio de Janeiro RJ - 1ª Abstração Geométrica: concretismo e neoconcretismo, na Funarte
1987 - São Paulo SP - 1ª Abstração Geométrica: concretismo e neoconcretismo, no MAB/Faap
1987 - São Paulo SP - A Trama do Gosto: um outro olhar sobre o cotidiano, na Fundação Bienal
1987 - São Paulo SP - Projeto Arte Brasileira - Anos 50, na Faap
1994 - São Paulo SP - Bandeiras: 60 artistas homenageiam os 60 anos da USP, no MAC/USP
1994 - São Paulo SP - Bienal Brasil Século XX, na Fundação Bienal
1996 - Rio de Janeiro RJ - Tendências Construtivas no Acervo do MAC/USP: construção, medida e proporção, no CCBB
1996 - São Paulo SP - Arte Brasileira - 50 anos de história no acervo MAC/USP: 1920-1970, no MAC/USP
1996 - São Paulo SP - Bandeiras, na Galeria de Arte do Sesi
1996 - São Paulo SP - Desexp(l)os(ign)ição, na Casa das Rosas
1997 - Porto Alegre RS - 1ª Bienal de Artes Visuais do Mercosul, na Aplub; Casa de Cultura Mário Quintana; DC Navegantes; Edel; Usina do Gasômetro; Instituto de Artes da UFRGS; Fundação Bienal de Artes Visuais do Mercosul; Margs; Espaço Ulbra; Museu de Comunicação Social; Reitoria da UFRGS; Theatro São Pedro
1997 - Porto Alegre RS - Vertente Construtiva e Design, no Espaço Cultural Ulbra
1998 - Belo Horizonte MG - O Suporte da Palavra, no Itaú Cultural
1998 - São Paulo SP - Arte Construtiva no Brasil: Coleção Adolpho Leirner , no MAM/SP
1998 - São Paulo SP - O Suporte da Palavra, no MAM/SP
1999 - Rio de Janeiro RJ - Arte Construtiva no Brasil: Coleção Adolpho Leirner, no MAM/RJ
1999 - São Paulo SP - Década de 50 e seus Envolvimentos, na Jo Slaviero Galeria de Arte
2000 - Mouans-Sartoux (França) - L'Espace de l'Art Concret, no Chateau de Mouans-Sartoux
2001 - São Paulo SP - Trajetória da Luz na Arte Brasileira, no Itaú Cultural
2002 - Rio de Janeiro RJ - Caminhos do Contemporâneo 1952-2002, no Paço Imperial
2002 - Rio de Janeiro RJ - Paralelos: arte brasileira da segunda metade do século XX em contexto, Collección Cisneros, no MAM/RJ
2002 - São Paulo SP - Paralelos: arte brasileira da segunda metade do século XX em contexto, Colección Cisneros, no MAM/SP
2003 - Cidade do México (México) - Cuasi Corpus: arte concreto y neoconcreto de Brasil: una selección del acervo del Museo de Arte Moderna de São Paulo y la Colección Adolpho Leirner, no Museo Rufino Tamayo
2003 - Rio de Janeiro RJ - Ordem x Liberdade, no MAM/RJ
2004 - São Paulo SP - Versão Brasileira, na Galeria Brito Cimino

artworks

See collection