artists

Learn about our artists, theirs artworks and biography

Find an artist by name

Couldn't find any artists for the specified filter. Please redo your search.

Cildo Meireles (1948)

Add to Favorites
Get notified by e-email when there is new artworks from this artist.

Artist's Biography

Cildo Meireles nasceu no Rio de Janeiro, em 1948. Iniciou seu aprendizado em 1963, com o pintor peruano Félise Berranechea, em Brasília. Começa a realizar desenhos inspirados em máscaras e esculturas africanas.Em 1966 efetuava a sua primeira individual de desenhos, no Museu de Arte Moderna da Bahia. Começa a realizar desenhos inspirados em máscaras e esculturas africanas. Em 1967, transfere-se para o Rio de Janeiro, onde estuda por dois meses na Escola Nacional de Belas Artes - Enba. Nesse período, cria a série Espaços Virtuais: Cantos, com 44 projetos, em que explora questões de espaço, desenvolvidas ainda nos trabalhos Volumes Virtuais e Ocupações (ambos de 1968-69). É um dos fundadores da Unidade Experimental do Museu de Arte Moderna do Rio de Janeiro - MAM/RJ, em 1969, na qual leciona até 1970. O caráter político de suas obras revela-se em trabalhos como Tiradentes - Totem-monumento ao Preso Político (1970), Inserções em Circuitos Ideológicos: Projeto Coca-cola (1970) e Quem Matou Herzog? (1970). No ano seguinte, viaja para Nova York, onde trabalha no projeto Eureka/Blindhotland, no LP Sal sem Carne (gravado em 1975) e na série Inserções em Circuitos Antropológicos. Após seu retorno ao Brasil, em 1973, passa a criar cenários e figurinos para teatro e cinema e, em 1975, torna-se um dos diretores da revista de arte Malasartes. Desenvolve séries de trabalhos inspirados em papel moeda, como Zero Cruzeiro e Zero Centavo (ambos de 1974-1978) ou Zero Dollar (1978-1994). Em algumas obras, explora questões acerca de unidades de medida do espaço ou do tempo, como em Pão de Metros (1983) ou Fontes (1992).

Chronology

Individual exhibitions

Exposições Individuais
1967 - Salvador BA - Cildo Meireles: desenhos, no Museu de Arte Moderna de Salvador - MAM/BA
1975 - Rio de Janeiro RJ - Blindhotland/Gueto, na Galeria Luiz Buarque de Hollanda e Paulo Bittencourt
1975 - Rio de Janeiro RJ - Eureka/Blindhotland, no Museu de Arte Moderna do Rio de Janeiro - MAM/RJ
1977 - Cuiabá MT - Casos de Sacos, no Museu de Arte e Cultura Popular
1977 - São Paulo SP - Casos de Sacos, na Pinacoteca do Estado
1978 - São Paulo SP - Cildo Meireles: desenhos, na Pinacoteca do Estado
1979 - Rio de Janeiro RJ - Artigos Definidos, na Galeria Saramenha
1979 - Rio de Janeiro RJ - Fiat Lux: o sermão da montanha, no CCCM
1981 - Rio de Janeiro RJ - Cildo Meireles, na Funarte
1981 - São Paulo SP - Artigos Definidos e Espaços Virtuais: cantos, na Galeria Luisa Strina
1983 - Rio de Janeiro RJ - Eureka/Blindhotland, na Rio Arte Humaitá
1983 - São Paulo SP - Obscura Luz: obscure light, na Galeria Luisa Strina
1983 - Rio de Janeiro RJ - Obscura Luz: obscure light, na Galeria Saramenha
1984 - Brasília DF - Duas Coleções: desenhos, na Sala Oswaldo Goeldi
1984 - Rio de Janeiro RJ - Desvio para o Vermelho, no Museu de Arte Moderna do Rio de Janeiro - MAM/RJ
1984 - São Paulo SP - Desvio para o Vermelho, no Museu de Arte Contemporânea da Universidade de São Paulo - MAC/USP
1986 - Rio de Janeiro RJ - Cinza, na Petite Galerie
1986 - São Paulo SP - Cinza, na Galeria Luisa Strina
1986 - São Paulo SP - Desvio para o Vermelho, no MAC/USP
1989 - São Paulo SP - Campos de Jogos, na Galeria Luisa Strina
1990 - Londres (Inglaterra) - Missão/Missões: como construir catedrais e cinza, no Institute of Contemporary Art (ICA), na Lower Gallery
1990 - Nova York (Estados Unidos) - Projects 21: Cildo Meireles, no MoMA
1992 - São Paulo SP - Metros I, na Galeria Luisa Strina
1994 - San Francisco (Estados Unidos) - Entrevendo and Volátil, no Capp Street Project
1995 - Rio de Janeiro RJ - Ouro e Paus, na Joel Edelstein Arte Contemporânea
1995 - Saint Louis (Estados Unidos) - Two Trees, no Laumeier Sculpture Park
1995 - Valência (Espanha) - Retrospectiva, no IVAM Centre del Carme
1996 - Filadélfia (Estados Unidos) - Individual, no The Fabric Workshop Museum
1996 - Porto (Portugal) - Cildo Meireles: retrospectiva, no Museu de Arte do Porto
1996 - Rio de Janeiro RJ - Individual, no Espaço Cultural Sérgio Porto
1997 - Boston (Estados Unidos) - Individual, no Institute of Contemporary Art
1997 - Nova York (Estados Unidos) - Eureka/Blindhotland and Fio, na Galerie Lelong
1997 - Rio de Janeiro RJ - Individual, no Paço Imperial
1997 - Thiers (França) - Le Creux de l'Enfer
1998 - São Paulo SP - Camelô, na Galeria Luisa Strina
1999 - Helsinque (Finlândia) - Individual, no Kiasma Museum of Contemporary Art
1999 - Nova York (Estados Unidos) - Cildo Meireles, no New Museum of Contemporary Art
2000 - Rio de Janeiro RJ - Individual, no MAM/RJ
2000 - São Paulo SP - Individual, no Galeria Luisa Strina
2000 - São Paulo SP - Individual, no Museu de Arte Moderna de São Paulo - MAM/SP
2001 - Brasília DF - Individual, no Arte Futura e Companhia
2002 - Brasília DF - Geografia do Brasil, no Espaço Cultural Contemporâneo Venâncio - ECCO
2003 - Estrasburgo (França) - Individual, no Musée d'Art Moderne et Contemporain
2003 - Miami (Estados Unidos) - Cildo Meireles, no Miami Art Museum of Dade County
2003 - São Paulo SP - Descalas, na galeria Luisa Strina
2005 - Rio de Janeiro RJ - Cildo Meireles: algum desenho, no Centro Cultural Banco do Brasil - CCBB
2005 - Petrópolis RJ - Casos de Sacos, no Sesc
2006 - Vila Velha ES - Babel, no Museu Vale
2008 - Curitiba PR - Cildo Meireles: algum desenho, no Museu Oscar Niemeyer
2008 - Londres (Reino Unido) - Individual, na Tate Modern

artworks

See collection