artists

Learn about our artists, theirs artworks and biography

Find an artist by name

Couldn't find any artists for the specified filter. Please redo your search.

Carlos Vergara (1941)

Add to Favorites
Get notified by e-email when there is new artworks from this artist.

Artist's Biography

Carlos Augusto Caminha Vergara dos Santos (Santa Maria RS 1941). Gravador, fotógrafo e pintor. Na década de 1950, transfere-se para o Rio de Janeiro, e, paralelamente à atividade de analista de laboratório, dedica-se ao artesanato de jóias, que são expostas na 7ª Bienal Internacional de São Paulo em 1963. Nesse mesmo ano, volta-se para o desenho e a pintura, realizando estudos com Iberê Camargo (1914 – 1994). Participa das mostras Opinião 65 e 66, no Museu de Arte Moderna do Rio de Janeiro – MAM/RJ. Em 1967, é um dos organizadores da mostra Nova Objetividade Brasileira, que procura fazer um balanço da vanguarda brasileira. Atua ainda como cenógrafo e figurinista de peças teatrais. Nesse período, produz pinturas figurativas, que revelam afinidades com o expressionismo e a arte pop. Durante a década de 1970, utiliza a fotografia e filmes Super-8 para estabelecer reflexões sobre a realidade. O carnaval passa a ser também objeto de sua pesquisa. Atua ainda em colaboração com arquitetos, realizando painéis para diversos edifícios, empregando materiais e técnicas do artesanato popular. Em 1972, publica o caderno de desenhos Texto em Branco, pela editora Nova Fronteira. Durante os anos 1980, volta à pintura, produzindo quadros abstratos geométricos, nos quais explora, principalmente, tramas de losangos que determinam campos cromáticos. Desde o fim dos anos 1980, emprega pigmentos naturais e minérios, com os quais produz a base para trabalhos em superfícies diversas. Em 1997, realiza a série Monotipias do Pantanal, na qual explora o contato direto com o meio natural, transferindo para a tela texturas de pedras ou folhas, entre outros procedimentos.

Chronology

Individual exhibitions

Fonte: Itaú Cultural

Individuais
1967 – Rio de Janeiro RJ – Individual, na Petite Galerie
1968 – São Paulo SP – Individual, na Galeria Art Art
1969 – Rio de Janeiro RJ – Individual, na Petite Galerie
1972 – Rio de Janeiro RJ – Individual, no MAM/RJ
1973 – Rio de Janeiro RJ – Individual, na Galeria Paulo Bittencourt e Luiz
Buarque de Hollanda
1983 – Rio de Janeiro RJ – Individual, na Galeria Thomas Cohn
1983 – São Paulo SP – Individual, no Gabinete de Arte Raquel Arnaud
1984 – São Paulo SP – Individual, no Gabinete de Arte Raquel Arnaud
1985 – São Paulo SP – Individual, no Gabinete de Arte Raquel Arnaud
1987 – São Paulo SP – Individual, no Gabinete de Arte Raquel Arnaud
1988 – Rio de Janeiro RJ – Individual, na Galeria Thomas Cohn
1989 – São Paulo SP – Individual, no Gabinete de Arte Raquel Arnaud
1990 – Rio de Janeiro RJ – Individual, no Paço Imperial
1991 – São Paulo SP – Individual, no Gabinete de Arte Raquel Arnaud
1991 – Belo Horizonte MG – Individual, no Palácio das Artes
1992 – São Paulo SP- Site Specific na Capela do Morumbi
1992 – Lisboa (Portugal) – Obras Recentes 1989-1991, no Centro de Arte
Moderna da Fundação Calouste Gulbenkian
1993 – Antuérpia (Bélgica) – Individual, na Galeria Francis Van Hoof
1993 – Rio de Janeiro RJ – Mostra a Capela do Morumbi, no CCBB
1995 – Rio de Janeiro RJ – Individual, na Galeria Paulo Fernandes
1997 – São Paulo SP – Monotipias do Pantanal e Pinturas Recentes, no MAM/SP
1998 – Rio de Janeiro RJ – Os Viajantes, no Paço Imperial
1999 – São Paulo SP – Carlos Vergara 89/99, na Pinacoteca do Estado
2001 – São Paulo SP – Individual, na Galeria Nara Roesler
2001 – Rio de Janeiro RJ – Individual, na Silvia Cintra Galeria de Arte
2003 – Porto Alegre RS – Retrospectiva no Santander Cultural
2003 – Vila Velha ES – Individual, no Museu Vale do Rio Doce
2004 – Rio de Janeiro – Monotipias e pinturas , Galeria Arte 21
2005 – Rio de Janeiro – Berço Esplêndido e Empilhamento, Galeria do
Lago, Museu da República
2006 – Rio de Janeiro – Individual, Galeria Paulo Fernandes
2007 – Belo Horizonte MG – Individual, Manoel Macedo Galeria de Arte
2007 – Porto Alegre RS – Pinturas, Bolsa de Arte de Porto Alegre
2007 – São Paulo SP – Anos 70 revisitados, Centro Universitário Maria Antônia
2007 – Rio de Janeiro RJ – Série Gávea, Galeria Artur Fidalgo
2008 – Rio de Janeiro RJ – Sagrado Coração, Missão de São Miguel, Paço Imperial

Coletivas
1963 – São Paulo SP – 7ª Bienal Internacional de São Paulo, na Fundação Bienal
1965 – Rio de Janeiro RJ – Opinião 65, no MAM/RJ
1965 – Paris (França) – Salon de La Jeune Peinture, no Musée d’Art Moderne
de o Ville de Paris
1966 – Rio de Janeiro RJ – Opinião 66, no MAM/RJ
1967 – São Paulo SP – 9ª Bienal Internacional de São Paulo, na Fundação
Bienal – prêmio aquisição
1967 – Rio de Janeiro RJ – Nova Objetividade Brasileira, no MAM/RJ
1968 – Rio de Janeiro RJ – 6º Resumo de Arte JB, no MAM/RJ – Prêmio
Resumo JB de Objeto
1970 – Medellín (Colômbia) – 2ª Bienal de Arte Medellín
1970 – São Paulo SP – 2º Panorama de Arte Atual Brasileira, no MAM/SP
1970 – Rio de Janeiro RJ – 8º Resumo de Arte JB, no MAM/RJ – Prêmio
Resumo JB de Desenho
1972 – Rio de Janeiro RJ – Domingos de Criação, no MAM/RJ
1975 – Campinas SP – Waltercio Caldas, Rubens Gerchman, Carlos Vergara,
José Resende, no MACC
1980 – Veneza (Itália) – 40ª Bienal de Veneza
1980 – Milão (Itália) – Quasi Cinema, no Centro Internazionale di Brera
1981 – Rio de Janeiro RJ – Do Moderno ao Contemporâneo: Coleção
Gilberto, no MAM/RJ
1982 – Lisboa (Portugal) – Do Moderno ao Contemporâneo: Coleção
Gilberto Chateaubriand, na Fundação Calouste Gulbenkian
1982 – Rio de Janeiro RJ – Contemporaneidade: homenagem a Mário
Pedrosa, no MAM/RJ
1984 – Londres (Inglaterra) – Portraits of a Country: brazilian modern art
from the Gilberto Chateaubriand Collection, na Barbican Art Gallery
1984 – São Paulo SP – Tradição e Ruptura: síntese de arte e cultura brasileiras,
na Fundação Bienal
1985 – São Paulo SP – 18ª Bienal Internacional de São Paulo, na Fundação Bienal
1985 – São Paulo SP – Destaques da Arte Contemporânea Brasileira, no MAM/SP
1989 – São Paulo SP – 20ª Bienal Internacional de São Paulo, na Fundação Bienal
1992 – Paris (França) – Diversité Latino Americaine, na Galerie 1900/2000
1994 – São Paulo SP – Bienal Brasil Século XX, na Fundação Bienal
1997 – Porto Alegre RS – 1ª Bienal de Artes Visuais do ontempo, na Fundação
Bienal de Artes Visuais do ontempo
1997 – São Paulo SP – Arte Cidade: percurso
2000 – São Paulo SP – Brasil + 500 Mostra do Redescobrimento, na
Fundação Bienal
2002 – São Paulo SP – Artecidadezonaleste, no Metrô, Estação Brás
2002 – Rio de Janeiro RJ – ARTEFOTO, no Centro Cultural Banco do Brasil
2003 – Vila Velha ES – O Sal da Terra, no Museu Vale do Rio Doce
2007 – Madri (Espanha) – Feria Internacional de Arte ontemporâneo (ARCO)
2007 – São Paulo SP – Arte como questão – Anos 70, Instituto Tomie Ohtake
2007 – Rio de Janeiro RJ – nmúltiplos, Galeria Arte 21
2008 – Madri (Espanha) – Feria Internacional de Arte ontemporâneo (ARCO)
2008 – Londres (Inglaterra) – Paper Trail: 15 Brazilian Artists, Allsopp
Contemporary

artworks

See collection