Btn-close-sidemenu

artists

Learn about our artists, theirs artworks and biography

Find an artist by name

Carlos Vergara (1941)

Add to Favorites
Get notified by e-email when there is new artworks from this artist.

Artist's Biography

Carlos Augusto Caminha Vergara dos Santos (Santa Maria RS 1941). Gravador, fotógrafo e pintor. Na década de 1950, transfere-se para o Rio de Janeiro, e, paralelamente à atividade de analista de laboratório, dedica-se ao artesanato de jóias, que são expostas na 7ª Bienal Internacional de São Paulo em 1963. Nesse mesmo ano, volta-se para o desenho e a pintura, realizando estudos com Iberê Camargo (1914 – 1994). Participa das mostras Opinião 65 e 66, no Museu de Arte Moderna do Rio de Janeiro – MAM/RJ. Em 1967, é um dos organizadores da mostra Nova Objetividade Brasileira, que procura fazer um balanço da vanguarda brasileira. Atua ainda como cenógrafo e figurinista de peças teatrais. Nesse período, produz pinturas figurativas, que revelam afinidades com o expressionismo e a arte pop. Durante a década de 1970, utiliza a fotografia e filmes Super-8 para estabelecer reflexões sobre a realidade. O carnaval passa a ser também objeto de sua pesquisa. Atua ainda em colaboração com arquitetos, realizando painéis para diversos edifícios, empregando materiais e técnicas do artesanato popular. Em 1972, publica o caderno de desenhos Texto em Branco, pela editora Nova Fronteira. Durante os anos 1980, volta à pintura, produzindo quadros abstratos geométricos, nos quais explora, principalmente, tramas de losangos que determinam campos cromáticos. Desde o fim dos anos 1980, emprega pigmentos naturais e minérios, com os quais produz a base para trabalhos em superfícies diversas. Em 1997, realiza a série Monotipias do Pantanal, na qual explora o contato direto com o meio natural, transferindo para a tela texturas de pedras ou folhas, entre outros procedimentos.

Chronology

Individual exhibitions

Fonte: Itaú Cultural

Individuais
1967 – Rio de Janeiro RJ – Individual, na Petite Galerie
1968 – São Paulo SP – Individual, na Galeria Art Art
1969 – Rio de Janeiro RJ – Individual, na Petite Galerie
1972 – Rio de Janeiro RJ – Individual, no MAM/RJ
1973 – Rio de Janeiro RJ – Individual, na Galeria Paulo Bittencourt e Luiz
Buarque de Hollanda
1983 – Rio de Janeiro RJ – Individual, na Galeria Thomas Cohn
1983 – São Paulo SP – Individual, no Gabinete de Arte Raquel Arnaud
1984 – São Paulo SP – Individual, no Gabinete de Arte Raquel Arnaud
1985 – São Paulo SP – Individual, no Gabinete de Arte Raquel Arnaud
1987 – São Paulo SP – Individual, no Gabinete de Arte Raquel Arnaud
1988 – Rio de Janeiro RJ – Individual, na Galeria Thomas Cohn
1989 – São Paulo SP – Individual, no Gabinete de Arte Raquel Arnaud
1990 – Rio de Janeiro RJ – Individual, no Paço Imperial
1991 – São Paulo SP – Individual, no Gabinete de Arte Raquel Arnaud
1991 – Belo Horizonte MG – Individual, no Palácio das Artes
1992 – São Paulo SP- Site Specific na Capela do Morumbi
1992 – Lisboa (Portugal) – Obras Recentes 1989-1991, no Centro de Arte
Moderna da Fundação Calouste Gulbenkian
1993 – Antuérpia (Bélgica) – Individual, na Galeria Francis Van Hoof
1993 – Rio de Janeiro RJ – Mostra a Capela do Morumbi, no CCBB
1995 – Rio de Janeiro RJ – Individual, na Galeria Paulo Fernandes
1997 – São Paulo SP – Monotipias do Pantanal e Pinturas Recentes, no MAM/SP
1998 – Rio de Janeiro RJ – Os Viajantes, no Paço Imperial
1999 – São Paulo SP – Carlos Vergara 89/99, na Pinacoteca do Estado
2001 – São Paulo SP – Individual, na Galeria Nara Roesler
2001 – Rio de Janeiro RJ – Individual, na Silvia Cintra Galeria de Arte
2003 – Porto Alegre RS – Retrospectiva no Santander Cultural
2003 – Vila Velha ES – Individual, no Museu Vale do Rio Doce
2004 – Rio de Janeiro – Monotipias e pinturas , Galeria Arte 21
2005 – Rio de Janeiro – Berço Esplêndido e Empilhamento, Galeria do
Lago, Museu da República
2006 – Rio de Janeiro – Individual, Galeria Paulo Fernandes
2007 – Belo Horizonte MG – Individual, Manoel Macedo Galeria de Arte
2007 – Porto Alegre RS – Pinturas, Bolsa de Arte de Porto Alegre
2007 – São Paulo SP – Anos 70 revisitados, Centro Universitário Maria Antônia
2007 – Rio de Janeiro RJ – Série Gávea, Galeria Artur Fidalgo
2008 – Rio de Janeiro RJ – Sagrado Coração, Missão de São Miguel, Paço Imperial

Coletivas
1963 – São Paulo SP – 7ª Bienal Internacional de São Paulo, na Fundação Bienal
1965 – Rio de Janeiro RJ – Opinião 65, no MAM/RJ
1965 – Paris (França) – Salon de La Jeune Peinture, no Musée d’Art Moderne
de o Ville de Paris
1966 – Rio de Janeiro RJ – Opinião 66, no MAM/RJ
1967 – São Paulo SP – 9ª Bienal Internacional de São Paulo, na Fundação
Bienal – prêmio aquisição
1967 – Rio de Janeiro RJ – Nova Objetividade Brasileira, no MAM/RJ
1968 – Rio de Janeiro RJ – 6º Resumo de Arte JB, no MAM/RJ – Prêmio
Resumo JB de Objeto
1970 – Medellín (Colômbia) – 2ª Bienal de Arte Medellín
1970 – São Paulo SP – 2º Panorama de Arte Atual Brasileira, no MAM/SP
1970 – Rio de Janeiro RJ – 8º Resumo de Arte JB, no MAM/RJ – Prêmio
Resumo JB de Desenho
1972 – Rio de Janeiro RJ – Domingos de Criação, no MAM/RJ
1975 – Campinas SP – Waltercio Caldas, Rubens Gerchman, Carlos Vergara,
José Resende, no MACC
1980 – Veneza (Itália) – 40ª Bienal de Veneza
1980 – Milão (Itália) – Quasi Cinema, no Centro Internazionale di Brera
1981 – Rio de Janeiro RJ – Do Moderno ao Contemporâneo: Coleção
Gilberto, no MAM/RJ
1982 – Lisboa (Portugal) – Do Moderno ao Contemporâneo: Coleção
Gilberto Chateaubriand, na Fundação Calouste Gulbenkian
1982 – Rio de Janeiro RJ – Contemporaneidade: homenagem a Mário
Pedrosa, no MAM/RJ
1984 – Londres (Inglaterra) – Portraits of a Country: brazilian modern art
from the Gilberto Chateaubriand Collection, na Barbican Art Gallery
1984 – São Paulo SP – Tradição e Ruptura: síntese de arte e cultura brasileiras,
na Fundação Bienal
1985 – São Paulo SP – 18ª Bienal Internacional de São Paulo, na Fundação Bienal
1985 – São Paulo SP – Destaques da Arte Contemporânea Brasileira, no MAM/SP
1989 – São Paulo SP – 20ª Bienal Internacional de São Paulo, na Fundação Bienal
1992 – Paris (França) – Diversité Latino Americaine, na Galerie 1900/2000
1994 – São Paulo SP – Bienal Brasil Século XX, na Fundação Bienal
1997 – Porto Alegre RS – 1ª Bienal de Artes Visuais do ontempo, na Fundação
Bienal de Artes Visuais do ontempo
1997 – São Paulo SP – Arte Cidade: percurso
2000 – São Paulo SP – Brasil + 500 Mostra do Redescobrimento, na
Fundação Bienal
2002 – São Paulo SP – Artecidadezonaleste, no Metrô, Estação Brás
2002 – Rio de Janeiro RJ – ARTEFOTO, no Centro Cultural Banco do Brasil
2003 – Vila Velha ES – O Sal da Terra, no Museu Vale do Rio Doce
2007 – Madri (Espanha) – Feria Internacional de Arte ontemporâneo (ARCO)
2007 – São Paulo SP – Arte como questão – Anos 70, Instituto Tomie Ohtake
2007 – Rio de Janeiro RJ – nmúltiplos, Galeria Arte 21
2008 – Madri (Espanha) – Feria Internacional de Arte ontemporâneo (ARCO)
2008 – Londres (Inglaterra) – Paper Trail: 15 Brazilian Artists, Allsopp
Contemporary

artworks